LÓTUS
CENTRO DE MEDITAÇÃO BUDISTA E TRABALHO SOCIAL
Comunidade do Viver Consciente - Tradição do Mestre Zen Thich Nhat Hanh


Visita dos monges da tradição de Thich Nhat Hanh
Pháp Nham e Pháp Uyen
Mais informações

O LÓTUS COMO SÍMBOLO DA EXPANSÃO ESPIRITUAL

O Lótus é o símbolo da expansão espiritual, do sagrado, do puro. A lenda budista relata que quando Siddhartha, que mais tarde se tornaria O Buda, tocou o solo e fez seus primeiros sete passos, a onde pisou cresceram sete flores de lótus. Os Budas são representados sentados em meditação sobre flores de lótus completamente abertas simbolizando a expansão da visão espiritual.
O significado original deste simbolismo pode ser visto pela semelhança seguinte: tal como o lótus que cresce da escuridão do lodo para a superfície, abrindo as flores somente após ter-se erguido além da superfície da água, ficando suas flores livres do lodo e da água que as nutriram, do mesmo modo a mente, nascida no corpo humano, expande suas verdadeiras qualidades (as pétalas) após ter-se erguido dos fluidos turvos da paixão e da ignorância, transformando o poder tenebroso da profundidade no puro néctar radiante da Consciência Iluminada, a flor de lótus (Padma).
Do mesmo modo, o arahant (homem santo) cresce além deste mundo e o ultrapassa. Apesar de suas raízes estarem na profundidade sombria deste mundo, sua cabe,a está erguida na totalidade da luz. Ele é a síntese viva do mais profundo e do mais elevado, da escuridão e da luz, do material e do imaterial, das limitações da individualidade e da universalidade ilimitada, do formado e do sem forma, do Samsara e do Nirvana. Porém, se o impulso para a luz não estivesse adormecido na semente profundamente escondida na escuridão do lodo, o lótus não poderia se voltar em direção da luz. Se o impulso para uma maior consciência e conhecimento já não existisse adormecido num estado de profunda ignorância, um iluminado jamais poderia se erguer da escuridão do Samsara. A semente da iluminação estará sempre presente no mundo, e do mesmo modo como os Budas surgiram no mundo nos ciclos passados, também surgem no presente ciclo e surgirão nos futuros, enquanto houver condições adequadas para vida orgânica e consciente.
Fundamentos do Misticismo Tibetano - Lama Anagarika Govinda
VENHA VISITAR-NOS - FICAREMOS FELIZES EM ESTAR COM VOCÊ!
Rua Dois de Dezembro, 78 - sala 305 - Flamengo
CEP 22220-040 - Rio de Janeiro - RJ - Brasil
Tel/Fax. (0xx21) - 2551-2045 - E-mail: centrolotus@gmail.com